Benzodiazepínicos as drogas do estupro obtidas facilmente em qualquer farmácia

Benzodiazepínicos (Rivotril, Diazepan, Lexotam, Frontal e outros)

Cada vez mais, diversos outros calmantes são lançados no mercado para alegria dos consumidores aflitos.

Milhares de pessoas pelo mundo usam os tranquilizantes para viajar de avião, dançar, namorar, transar, fazer provas, dar aulas, casar, isto é, as atividades que podem acarretar certo grau de intranquilidade.

Os benzodiazepínicos produzem cinco efeitos principais no organismo a saber: sedativos, hipnóticos, ansiolíticos, relaxantes musculares e anticonvulsivantes.

Os estupros realizados com a ajuda de drogas benzodiazepínicas já é uma realidade comum em toda América Latina onde centenas de mulheres se tornam vítimas de abusos sexuais frequentemente quando ainda são adolescentes.

María José Coni e Marina Menegazzo foram drogadas e, depois, assassinadas. Arquivo pessoal.

María José Coni e Marina Menegazzo foram drogadas e, depois, assassinadas. Arquivo pessoal.

Foi essa a substância encontrada nos corpos das turistas argentinas María José Coni e Marina Menegazzo, assassinadas na cidade costeira de Montañita, no oeste do Equador.

Isso reforça a teoria de suas famílias, para quem as jovens foram drogadas e conduzidas pelos acusados até suas casas, sem conseguir resistir.

“Os estupradores sabem quais quantidades levam a um estado de sedação e à perda de memória. Ao misturar com álcool, o efeito é potencializado”, diz Emilio Mencías, do Instituto Nacional de Toxicologia e Ciências Forenses da Espanha.

argentine_women_

Em muitos países se costuma exigir uma receita médica ao vendê-los, os controles são facilmente burlados. Em outros, nem a receita é necessária, segundo a ONU.

Receita Amarela

Receituário exigido para a compra dos benzodiazepínicos no Brasil.

Receita Azul

Utilizado na prescrição de medicamentos que contenham substâncias psicotrópicas.

Os diferentes benzodiazepínicos existentes, Clordiazepóxido (Librium, Psicossedin); Diazepan (Valium, etc.); Clonazepam (Rivotril, etc.); Bromazepam (Lexotam, etc.); Alprazolan (Frontal e etc.); Lorazepam(Lorax,  etc.); Cloxazolan, (Olcadil) e outros, são classificados como sendo de curto, médio e longo prazo quanto ao tempo que permanecem fazendo efeito (agindo)  no organismo.

Também a burundanga, talvez a “droga de estupro” mais conhecida na América Latina, cresce de forma silvestre em quase toda a região.

Chamada também de estramônio, trombeta ou “sopro do diabo”, ela tem como princípio ativo a escapolamina. No entanto, apesar da fama, é cada vez menos usada em abusos sexuais.

Uma das drogas silenciosas que está em substituição a burudanga é o GHB.

Seu nome científico é ácido gama-hidroxibutírico e é difícil detectá-lo. É usado com fins medicinais no tratamento do alcoolismo, mas seus usos ilegais são mais frequentes e conhecidos.

A substância também é chamada de êxtase líquido, porque seu primeiro efeito é a euforia.  Alguns criminosos o preparam com removedor de tinta pois é fácil de manipular.

O Centro de Informação para Educação e Abuso de Drogas do Peru (Cedro) alertou que, no último verão, a venda de GHB se popularizou nas praias de Lima.

damnthatsepic

damnthatsepic

A maioria das drogas de estupro são eliminadas do organismo em menos de 12 horas. Efeito da droga pode durar por até 8 horas.

Conselho

Para uma adolescente que começa a sair para as boates é:  “Nunca perca seu copo de vista”, “Nunca perca seu copo de vista”, “Nunca perca seu copo de vista”, “Nunca perca seu copo de vista”…Se for ao banheiro quando voltar para a mesa solicite outro copo para o garço. E nunca, mais nunca mesmo, aceite uma bebida trazida até você por quem quer que seja do sexo masculino.

1 Comentário

Leave a Comment