Contratos de telemedicina e serviços de diagnóstico da SES-DF na mira do MP

Secretaria de Estado de Saúde do Distrito FederalO contrato de número 202/2012-SES/DF, firmado entre a Secretaria de Saúde do DF e a Associação do Sanatório Sírio de São Paulo, no valor de R$ 19.779.000,00 (dezenove milhões, setecentos e senta e nove mil reais), para prestação do serviço de [telemedicina para acompanhamento cardiológico remoto de pacientes por meio de laudos realizados via Tele-ECG, Tela-Mapa, Tele-Holter e Tele-Segunda Opinião nas unidades de saúde do DF] é alvo de investigação do Ministério Público.

A contratação foi feita na modalidade de dispensa de licitação para mais de (200) duzentos pontos de atendimento que deveriam ser implantados, mas, nem a metade chegou a funcionar. Há questionamentos, também, por parte do MPDFT, em torno do número de exames realizados e pagos no período que são incompatíveis com a capacidade instalada.

O responsável em conduzir  o processo de contratação foi o então ex-Subsecretário de Atenção à Saúde (SAS), Roberto Bittencourt.

Também estão sobe analises contratos que foram firmados no mesmo período e feitos a mando de Bittencourt , como a terceirização de serviços de diagnóstico.

Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal www.saude.df.gov.br 3 4

Leave a Comment