Fundação Hemocentro de Brasília terá que dar explicações ao MP por contrato com hospital particular

Ao invés de realizar concurso, Hemocentro troca bolsas de sangue por mão de obra de hospital particular. 

 Fundação Hemocentro de BrasíliaA Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde – PROSUS – através de seu promotor de justiça, Jairo Bisol, acatou nossa representação contra a falta de publicidade nos atos praticados pelo Hemocentro de Brasília. No contrato mantido entre o Hemocentro e o hospital particular Santa Marta falta a CLÁUSULA da publicidade ao doador que se quer é consultado sobre sua doação ir para um hospital particular. Como pode ser visto acima, a contra partida é a cessão de recursos humanos do hospital Santa Marta ao Hemocentro. Por que não chamar os concursados ou fazer um concurso para preenchimento do quadro faltante ao invés de subsidiar bolsas de sangue em troca de funcionário?

A PROSUS deu prazo de 10 dias para que o Hemocentro se manifeste e justifique tal teor do contrato.

Leave a Comment