Escrevendo em atitude suspeita, resistência e desacato

Por: Ivan Rodrigues

Capitães do mato fardados

BASTA PARA A COVARDIA POLICIALAmanhã, dia 28/04, às 08h, vou está no Primeiro Juizado Especial Criminal de Brasília em audiência contra os Policiais Militares que me espancaram na Praça dos Três Poderes no dia 18/09, quando manifestava contra o Mensalão do PT – em especial o algoz sargento Natalino Alves de Souza do GTOP.

Estava filmando o quebra-quebra dos black bloc; não reagir, fui espancado, algemado, enforcado, me desmaiarão, jogaram esprei de pimenta em meus olhos, colocaram-me no cubículo da viatura e me ameaçaram “de darem um passeio comigo”, nas palavras dos policiais.

Ando com medo! Mas se calar-me outros covardemente espancados, torturados ou mortos como o caso do dançarino do programa ‘Esquenta!’ Douglas Rafael, mais conhecido como DG morto por policiais na favela Pavão-Pavãozinho – atiraram no jovem que nada fez para merecer tamanha covardia.

Caso Amarildo de Souza levado por policiais e torturado até a morte em um dos contêineres da Unidade de Polícia Pacificadora da Rocinha UPP.

Caso Antônio de Araújo detido no dia 27 de maio do ano passado por seis policiais militares por suposta tentativa de entrada na chácara de um sargento da PM, em Planaltina-DF. Segundo a polícia, após ter a ficha consultada – que mostrou que ele nunca teve passagens criminais –, o auxiliar de serviços gerais de 32 anos foi liberado, mas nunca mais foi visto com vida. A ossada dele foi encontrada seis meses depois, em uma área de cerrado, também em Planaltina.

Não terão forças para engrossar nosso BASTA PARA A COVARDIA POLICIAL#bastaparaacovardiapolicial

Comentários