Saúde procura anestesistas voluntários para atuarem em hospitais do DF

Os anestesiologistas são indispensáveis para a realização de diversas atividades essenciais nas unidades de saúde. E hoje, há grande carência de profissionais dessa especialidade. Assim, para fortalecer o serviço, a Secretaria de Saúde abriu vagas para que formados na área contribuam atuando pelo Programa de Voluntariado Profissional.

“A parceria que a Secretaria de Saúde tem estabelecido com os profissionais para atuação voluntária das mais diversas áreas tem sido fundamental para o fortalecimento dos serviços e das equipes”, disse o gerente de Voluntariado da Secretaria de Saúde, Cristian da Cruz.

O voluntário, que atua sob supervisão de um servidor da pasta, poderá atuar pelo prazo de um ano, com a possibilidade de renovação por igual período. A exigência é que cada participante contribua com, no mínimo, duas horas de trabalho por semana. Ao final de 12 meses, os integrantes do programa receberão um certificado de prestação de serviço voluntário.

“Apesar de o voluntário executar diversas tarefas, a Portaria 261 de 2016 proíbe compor escalas apenas com voluntários. Eles atuam em conjunto com os demais profissionais, num fortalecimento para a equipe e não substituição”, explicou Cruz.

Atualmente, 385 profissionais atuam na rede pública de saúde, principalmente, em hospitais e Unidades de Pronto Atendimento. “Temos predominância da categoria de enfermagem, mas temos profissionais de quase todas as áreas como nutricionista, medicina, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, biólogos, bioquímicos, técnicos de radiologia e laboratório, entre outros”, listou o gerente.

Como se cadastrar? Os interessados em participar da ação podem se cadastrar pelo Portal do Voluntariado ou se dirigir diretamente com os documentos abaixo na Coordenação de Voluntariado no hospital onde deseja atuar.

Dúvidas podem ser sanadas diretamente com a gerência responsável pelo programa, por meio do WhatsApp, no telefone 99145-6114, ou pelo e-mail [email protected]

Confira quais são os documentos necessários:
– Carteira de Identidade
– Comprovante de Situação Cadastral do CPF (retirar no site da Receita Federal)
– Comprovante de Residência (tem que estar no nome do candidato)
– Comprovante de Conclusão de Curso ou Declaração
– Registro de classe
– Certidão Negativa do Conselho de Classe
– 1 foto 3×4
– Certidão Criminal Negativa emitida pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT)
– Certidão Criminal Negativa Federal pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1)
– Caso seja morador do Entorno ou tenha chegado recentemente em Brasília para residir, é necessário certidão criminal negativa do estado de origem.
– Caso seja servidor, declaração de inatividade na Secretaria de Saúde.

Fonte: Agência Saúde DF

Por  Ailane Silva

Leave a Comment