Saiba quem é Gustavo Mendanha, o governador que vai mudar a realidade dos 246 municípios goianos – a maioria esquecido por Caiado

Por: Redação

A carreira de Mendanha é marcada por desafios, talvez o maior deles tenha sido suceder Maguito Vilela, prefeito que marcou a história de Aparecida de Goiânia, a segunda maior cidade do estado

Antes mesmo da chegada do período eleitoral para o pleito de 2022, tem crescido as intenções de votos em Gustavo Mendanha, o pré-candidato ao Governo de Goiás, que hoje é o principal nome da oposição em Goiás.

Gustavo Mendanha é um jovem líder político com apenas 39 anos. Filho do ex-deputado e ex-vereador Léo Mendanha – falecido em decorrência de sequelas da Covid 19 – e da dona de casa Sônia Melo, Gustavo é casado com Mayara Mendanha e pai de 3 filhos: Asafe, Luiza e Emanuel.

Após realizar uma missão na África, Gustavo entendeu que a política pode ser um instrumento para transformar vidas.

Foi quando, em 2008, colocou seu nome à disposição do legislativo municipal. Foi eleito e reeleito em 2012, sendo, em seu segundo mandato, escolhido para presidir a Câmara de Vereadores entre seus colegas do parlamento.

Após um convite do estadista Maguito Vilela, Mendanha assumiu o cargo de secretário de Esportes, inclusive, indo ao encontro da sua profissão de formação, que é educação física.

A carreira de Mendanha é marcada por desafios, talvez o maior deles tenha sido suceder Maguito Vilela, prefeito que marcou a história de Aparecida de Goiânia, a segunda maior cidade do estado. Mendanha foi eleito com 59,9% dos votos.

Entusiasta da tecnologia, Gustavo transformou Aparecida em uma Cidade Inteligente, voltada para facilitar os processos burocráticos da Prefeitura de Aparecida, potencializar os serviços para a população e proporcionar acesso gratuito à internet.

Na pandemia, quando nenhuma cidade estava preparada para enfrentar uma crise na saúde, Aparecida, liderada por Mendanha, desenvolveu ações como o isolamento social por escalonamento intermitente, que aliou estratégias de economia e saúde.

Considerado filho político de Maguito Vilela, o nome de Mendanha começou a se destacar pelo Estado pelos feitos históricos em Aparecida e pela expressiva votação – quase 99% dos votos válidos – conquistada na disputa de 2020 à reeleição.

Em 31 de março, ele renunciou ao mandato de prefeito e, num segundo ato de coragem, colocou o nome à disposição como pré-candidato ao governo de Goiás pelo partido Patriota.

Em visitas na região metropolitana do DF, o ex-prefeito de Aparecida ressalta seu desejo de assumir a responsabilidade da região, hoje considerada abandonada pelo Governo de Goiás. As agendas do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, segunda maior cidade de Goiás, têm conquistado apoios importantes nos municípios próximos ao Distrito Federal.

Gustavo Mendanha promete apresentar um plano de gestão que está sendo formulado com a participação das lideranças locais. Um dos projetos é a criação de uma Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do DF, composta por dez líderes locais que vão buscar soluções, a partir de um plano orçamentário próprio.

“Essa região faz parte do Estado de Goiás. O problema daqui não pode ser jogado de um lado para o outro. Quero fazer esse compromisso de criar um órgão para que as pessoas que conhecem a realidade possam trabalhar para mudar o rumo da história do entorno”, se compromete Mendanha.

Comentários