Saiba por que Lula pode estar realmente à frente de Bolsonaro em todas as pesquisas

Por: Ivan Rodrigues

Acredito que – Política e Religião não se misturam – mas para muitas denominações religiosas estão juntas e misturadas.

EPA

Analisando o livro Mateus 27:1-66 temos a difícil decisão que o governador romano Pôncio Pilatos teria que tomar, porém o mesmo deixou essa decisão para o povo pois sabia da inocência de Jesus. Veja parte desse trecho da história extraída da Bíblia a seguir:

Pilatos lhes disse: “Qual deles vocês querem que eu solte: Barrabás ou Jesus, o chamado Cristo?”

Então o governador lhes disse: “Qual dos dois vocês querem que eu solte?” Disseram: “Barrabás!” Pilatos lhes disse: “O que, então, devo fazer com Jesus, o chamado Cristo?” Todos disseram: “Para a estaca com ele!” Ele disse: “Por quê? O que ele fez de mau?” Contudo, gritaram ainda mais: “Para a estaca com ele!”

Vendo que não adiantava, mas, ao contrário, que se criava um alvoroço, Pilatos pegou água e lavou as mãos diante da multidão, dizendo: “Eu sou inocente do sangue deste homem. Isso é com vocês.” Todo o povo disse em resposta: “Que o sangue dele caia sobre nós e sobre nossos filhos.” Ele soltou então Barrabás, porém mandou que Jesus fosse chicoteado e o entregou para ser morto na estaca.

Para um bom entendedor, três parágrafos bastam.

Comentários