Fraga pede desfiliação do União Brasil atirando: “Esse partido, em breve, eu não tenho dúvida que vai ocupar as páginas policiais”

Por: Redação

O coronel da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal e ex-deputado federal Alberto Fraga pediu sua desfiliação do União Brasil, nesta segunda-feira (21/3), mas saiu atirando e dando recados.

“O União Brasil ignorou os meus quatro mandatos de deputado federal, as disputas ao Senado, ao Governo do DF e preferiu o nome de um advogado que não tem passado político. O que se percebe é que o ministro da Justiça interferiu no processo de escolha. O Luciano Bivar e o Antônio Rueda se sentiram intimidados e devem ter alguma culpa no cartório, porque a maneira como mudaram e desautorizaram o Caiado é uma coisa que deixou a todos nos estarrecidos”, afirmou.

Fraga afirmou ainda que integrantes do partido “têm telhado de vidro”: “É lamentável que tenha havido essa intimidação do ministro da Justiça perante os dois cidadãos. Tenho receio no que o União vai se transformar. Jogaram a história do Democratas na lata do lixo. Esse partido, em breve, eu não tenho dúvida que vai ocupar as páginas policiais”.

Parte da entrevista concedida à coluna GRANDEANGULAR do Metrópoles.

Comentários