Ibaneis tem a preferência entre os evangélicos para eleição de 2022

Por: Redação

Governador Ibaneis e o deputado e pastor Delmasso da igreja Sara Nossa Terra

Não resta dúvida que os evangélicos se transformaram em uma força política decisiva para as eleições do Brasil.

Quem detiver a preferência entre o eleitorado evangélico pentecostal e tradicional, já sai com grande vantagem entre seus concorrentes nas eleições de 2022. 


No Distrito Federal, o atual governador Ibaneis Rocha (MDB), é o nome preferencial entre os evangélicos que afirmam em ‘coro’ não votarem em nenhum partido que coligado com a esquerda, tida pelos mesmos como comunista. As igrejas Assembleia de Deus, Universal, Batista, Presbiteriana e Testemunha de Jeová já orientam seus membros a não votarem em agremiações partidárias que estejam coligados com a esquerda. 

>Ibaneis sancionou lei de regularização fundiária de clubes, igrejas e entidades sem fins lucrativos

“Os evangélicos lavados e remidos com o sangue do cordeiro [Jesus], não devem votar em partidos e políticos que defendam o aborto, a descriminação das drogas e o homossexualismo. É uma orientação bíblica, sobre as coisas que aborrecem ao nosso Deus, que como seus seguidores devemos seguir,” Afirma o pastor assembleiano Antônio Almeida. 


O pastor afirma que esta é uma orientação consensual entre o Conselho de Pastores do Distrito Federal, que reafirma o governador Ibaneis como o nome de maior apoio entre os evangélicos; – discurso reforçado pelo pastor Jorge Carvalho da igreja de Cristo, também membro do Conselho de Pastores. 


“Os ensinamentos bíblicos são contrários à ideologia de esquerda, defendemos sim, a família tradicional, pois ela foi criada no Jardim do Éden, por Deus. Se falarmos em homofobia também teremos que falar em evangelicofobia para encontrarmos um ponto de equilíbrio e respeito mútuo,” reforça Carvalho.


 O Conselho de Pastores do Distrito Federal, tem se posicionado a favor das reeleições do presidente Jair Bolsonaro e do governador Ibaneis Rocha em razão do alinhamento político, de ambos, junto ao eleitorado protestante. 


O bloco de esquerda que pretende enfrentar o governador Ibaneis Rocha em 2022, é formado pelo senador José Antônio Reguffe (Podemos), senadora Leila do Vólei (PSB) e senador Izalci Lucas (PSDB-DF).                  

Comentários