Libertinagem pública | Modelos que posaram nuas para sessão de fotos em Dubai são presas

Por: Redação

As modelos estão encarando a prisão depois de posarem nuas em uma varanda de Dubai

As imagens foram tiradas de um prédio ao lado mostram as mulheres posando para a filmagem em um apartamento no bairro de luxo da cidade, Marina.

Algumas das garotas que teriam participado da sessão de fotos são vistas nesta foto. Crédito: Instagram

A polícia de Dubai disse ter prendido o “grupo de pessoas que apareceu em um vídeo indecente” sob a acusação de libertinagem pública.

Vídeos e fotos mostrando as mulheres nuas, alinhadas em uma varanda enquanto eram filmadas, surgiram nas redes sociais na noite de sábado.

As detidas podem pegar até seis meses de prisão e uma multa de cerca de £ 1.000 por violar as leis de decência pública nos Emirados Árabes Unidos, o que inclui nudez e outros comportamentos obscenos.

O compartilhamento de material pornográfico também é punível com pena de prisão e multas pesadas de acordo com as leis do país, que são baseadas na lei islâmica, ou sharia.

Todos as modelos são considerados provenientes da ex-União Soviética, incluindo Ucrânia, Bielo-Rússia e Moldávia. 

Foi um choque nos Emirados Árabes Unidos, onde comportamentos como beijar em público ou beber álcool sem licença, já colocaram muitas pessoas na prisão.

A polícia de Dubai disse que todos foram presos pelo vídeo e fotos, incluindo um russo apontado como o organizador da indecência, foram encaminhados ao Ministério Público que pediu a prisão de todos por 6 meses e multas.

“Esses comportamentos inaceitáveis não refletem os valores e a ética da sociedade dos Emirados”, disse a polícia em um comunicado.

Os Emirados Árabes Unidos, embora liberais em muitos aspectos em comparação com seus vizinhos do Oriente Médio, têm leis rígidas que regem a expressão e as mídias sociais.

Pessoas também foram presas por seus comentários e vídeos online.

Comentários