Rodrigo Delmasso – Toda pedofilia será combatida!

31 de Julho de 2020

Redação Saúde & Direitos Sociais

CLDF

Delmasso em momento de lazer com a família

A face oculta do pedófilo Syllas Sousa Silva, 31 anos, que abusou de 60 crianças no Distrito Federal, mostra à sociedade a precípua necessidade que se tem de autoridades comprometidas com a defesa da infância. 

Syllas manipulava e obrigava meninos e meninas a enviarem fotos e vídeos com conteúdo pornográfico para alimentar seu apetite sexual. Ele convenceu crianças e adolescentes a introduzirem objetos no ânus ou a se masturbarem.

O autor passou a ser investigado após uma ocorrência ser registrada, pelos genitores, noticiando que um perfil, em uma rede social, mantinha conversas, de cunho pornográfico com um adolescente de treze anos de idade, morador de Taguatinga, que se passava por uma adolescente. 


Ele foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), em 22 de julho, no interior do Maranhão, após meses de intensa investigação. 


Criança tem o direito de ter sua inocência preservada. Pais e mães, querem que seus filhos tenham suas infâncias protegidas e estarei sempre comprometido com a causa, reforça o distrital Delmasso.

O autor se passava por uma menina jovem e estimulava vítimas, do sexo masculino, a se relacionarem virtualmente com ele. Ao ganhar a confiança dos jovens, as comunicações passavam a ser feitas via aplicativo.

Syllas Sousa Silva

Syllas Sousa Silva

Com o passar do tempo, o homem, utilizando-se deste perfil, fazia várias solicitações de fotos das vítimas nuas, bem como exigindo que estas também se comunicassem com um outro perfil, agora masculino, utilizado pelo mesmo autor, para quem também deveriam dispor as imagens de nudez.

Saliente-se, ainda, que o autor exigia que os arquivos contendo a nudez/pornografia infanto-juvenil mostrassem os rostos das vítimas.

Conforme levantamentos preliminares dos investigadores da PCDF, as prováveis vítimas do autor, somente no Distrito Federal, devem ultrapassar a 60. 

Leave a Comment