Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea

26 de Julho de 2019

Prezado(a) IVAN RODRIGUES DA ROCHA,

Obrigado por se inscrever no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME). Com este gesto, você se tornou um dos brasileiros que dão esperança aos pacientes com doenças do sangue, como leucemias e linfomas, e que têm indicação de transplante de medula.

Agora, você está recebendo o seu Cartão de Doador Voluntário de Medula Óssea. Mantenha-o sempre com você. Assim, você se lembrará de atualizar os seus dados quando houver alguma mudança em seu cadastro. Para isso, basta entrar em contato com o setor responsável por meio do e-mail ou telefone indicados no Cartão. Manter seu cadastro atualizado também possibilitará que você receba materiais informativos sobre a área de transplante de doação de medula óssea e acompanhe como este setor vem crescendo no país.

Ivan Rodrigues. Medula produz os componentes do sangue: as hemácias, os leucócitos e as plaquetas

Graças à sua participação no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME), hoje os pacientes com indicação de transplante no Brasil têm mais chances de encontrar doador compatível. A probabilidade de encontrar um doador compatível na própria população do paciente é muito maior do que quando se procura em registros internacionais.

É importante ressaltar que você só será chamado para fazer doação se for verificada compatibilidade com algum paciente. Nesse caso, você vai precisar confirmar sua intenção de fazer a doação e serão necessários novos exames para confirmar a compatibilidade. Só então a doação é realizada.

O REDOME também é parte de uma rede internacional de solidariedade Os doadores brasileiros estão disponíveis para buscas internacionais, da mesma forma como procuramos doações para nossos pacientes em registros de outros países quando não é encontrada compatibilidade no Brasil.

Nosso objetivo é atender cada vez mais pacientes que esperam pela possibilidade de cura por meio do transplante de medula óssea e você contribui diretamente para alcançarmos esta meta.

Atenciosamente,

Danielli Cristina Muniz de Oliveira
Coordenadora do REDOME

Leave a Comment