PT-DF negocia cargos com Rollemberg

Ricardo Vale (PT-DF)

O deputado distrital Ricardo Vale (PT), irmão do ex-deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores e, atual conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), Paulo Tadeu; vêm negociando sua lealdade política ao governador Rollemberg (PSB-DF), por cargos de segundo e terceiro escalão do governo.

A Executiva Regional do PPS-DF, em nota pública, também acusa o deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF), de mesma prática.

 

“Hipocrisia tem limites.

Inconformado com a legítima atitude do Senador Cristovam Buarque de se declarar em oposição ao governo Rolemberg, o deputado Chico Vigilante, assumindo o seu verdadeiro papel de líder informal do governo, vem a público “cobrar” coerência de Cristovam. Então vamos aos fatos:

Chico Vigilante (PT-DF)

  1. A decisão de ser oposição ao governo Rolemberg não é apenas do Senador Cristovam Buarque, mas de todo o PPS incluindo sua bancada na CLDF, e isso ocorre porque ser oposição a esse governo não é apenas uma posição política mas um ato de amor a Brasília;
  2. O Senador Cristovam Buarque sempre marcou sua atividade política pela defesa intransigente dos interesses do DF, acima de eventuais interesses partidários e eleitorais, fato este reconhecido não apenas pelos cidadãos do DF, mas de todo o Brasil;
  3. Já o deputado Chico Vigilante, cujas gambiarras não se despregam das tetas dos governos (seja ele qual for) desde a época Roriz, no atual governo exerce desde o início a liderança envergonhada do governo Rolemberg, bastando se verificar quantas vezes votou a favor do governo;
  4. “Ensinou” o governo Rolemberg a desviar os recursos do IPREV, prejudicando milhares de servidores públicos do DF;
  5. Além disso, foi o maior cabo eleitoral do candidato de Rolemberg à presidência da CLDF, numa demonstração irretorquivel do servilismo que caracteriza sua relação com o governo;
  6. Não bastasse tudo isso, o deputado Chico Vigilante apóia a imoral intervenção do governo na eleição das comissões internas desta CLDF;
  7. É tão “apegado” a liderança informal do governo que defendeu publicamente o aumento ilegal e imoral das passagens de ônibus e metrô decretado pelo governador;

Como se pode ver, ao contrário do Senador Cristovam Buarque que não troca seu mandato pelos “encantos” dos governos, o deputado Chico Vigilante com suas atitudes estabeleceu com o governo rolemberg uma relação promíscua em que ambos se envergonham de estarem juntos e por isso não se assumem.

Chega de hipocrisia né deputado Chico vigilante!

Executiva Regional do PPS/DF”.

Leave a Comment