Gastos com a passagem da Tocha Olímpica daria para comprar dez máquinas de hemodiálise para os hospitais do DF

Por: Ivan Rodrigues

Modelo adquirido pelo Hospital de Clínicas da Unicamp

(03/10/2013) O Hospital de Clínicas da Unicamp colocou em funcionamento no Centro Integrado de Nefrologia (CIN), 20 novas máquinas de hemodiálise, totalizando um investimento de R$ 475 mil. Os novos equipamentos foram adquiridos com recursos da Secretaria de Estado da Saúde e oferecem vários diferenciais tecnológicos e de qualidade ao usuário, como um sistema que possibilita a configuração de acordo com o perfil e a necessidade de cada paciente. As informações ficam armazenadas na própria máquina. Atualmente, o CIN atende cerca de 40 pacientes, entre adultos e crianças, que fazem tratamento com hemodiálise todo mês.

Economia

O valor da compra de máquinas de hemodiálise realizada no ano (2013) foi 50% menor em relação à aquisição feita em 2008. Devido as Atas de Registro de Preços como modalidade licitatória.

Tocha Olímpica

Declaração de Contrapartida pelo GDF

No ano de 2016 será realizados no Brasil os Jogos Olímpicos, e a tocha começou sua viagem por todo território nacional partindo de Brasília em 03 de maio de 2016, com destino final na sede dos Jogos: o Rio de Janeiro. No total, a Tocha percorrerá cerca de 300 localidades de todos os estados do Brasil, pernoitando em 83 cidades, dentre estas as 27 capitais.

Diálise –  A diálise não trata a doença renal, mas substitui a função dos rins ao filtrar o sangue para retirar líquidos e toxinas como a uréia e a creatinina. Na hemodiálise essa filtragem é feita através de uma máquina na qual o sangue passa por um filtro e retorna ao paciente com uma quantidade menor de impurezas. E na diálise peritoneal, outro tipo de equipamento faz uma infusão e drena uma solução específica diretamente no abdome do paciente. Esse procedimento é realizado sem contato direto com o sangue. Uma sessão de diálise tem duração média de 4 horas, três vezes por semana – caso não haja intercorrências que são normais para os pacientes renais crônicos.

Fonte: Portal dos Convênios – SICONV – Tocha Olímpica e Paralímpica em Brasília- DF

Em contato com o representante da empresa que fez a venda das máquinas de hemodiálise, que preferiu não se identificar ou sua empresa, nos foi informado que conseguiríamos comprar dez (10) máquinas pelo preço de R$ 250.000,00 mil reais, valor investido na passagem da tocha olímpica por Brasília.

E que comecem os jogos de quem vive e de quem morre! 

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e a secretária de Esportes, Turismo e Lazer, Leila Barros, anunciam o percurso da tocha olímpica em Brasília

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e a secretária de Esportes, Turismo e Lazer, Leila Barros, anunciam o percurso da tocha olímpica em Brasília.

O senhor Jorge de Carvalho, meu tio, renal crônico, morreu no Hospital Regional do Gama à espera de atendimento para hemodiálise após uma intercorrência no dia posterior ao procedimento. E é em seu nome, que escrevo hoje no site, voltado para a dor e o descaso a que estão submetidos todos os renais crônicos do Brasil.

Comentários

  • samuel lopes dos santos disse:

    GENTE NOS ESTAMOS DIANTE DE POLICOS COMRRUPITOS QUE NESSA HORA TAO NO SENADO BRIGANDO NAO PELO POBRE BRASILEIRO NAO PEALA SAUDE NAO PELO MUNICIPIO MAS SIM POR POSSISSAO CADA UM PENSSANDO NO SEU BOSSO QUATO VAI ROBAR AMANHAN QUE QUER OS INFERMO E QUE SAUDE A EDUCAÇAO VA CADA VES MAS AFUDANDO PORQUE ELES PODE PAGAR UU PLANO DE SAUDE PRAR SUA FAMILHA E O POBRE MORRA TUDO DE FOME E NAS PORTA DOS OSPITAIS GENTE TEMOS QUE IR PRAR RUAS TEMOS QUE PARAR ESSSE BRASIL TA TUDO ERRADO

  • joao carlos de vasconcelos disse:

    os politicos que comandam o nosso brasil,sao responsavel. por tudo isso que passamos no dia de hoje e no amanhã.

  • Luiz C. MaGRIN disse:

    Realmente o passeio da tocha olímpica pode até ser uma manifestação bonita ao evento que se aproxima, mas, num país que agoniza como o Brasil onde se coloca dinheiro suado do trabalhador não deveria, eu não aceito este passeio, que não vai levar a nada, acho até que teremos um resultado igual ou pior que o da copa de futebol e os 7 x 1, vamos montar a festa para os outros.

  • Frank disse:

    Tomara que o Brasil não ganha nenhuma medalha kkkk quero RI tanto

  • José Ricardo Miranda disse:

    Olá…falando sobre impostos… E para ajudar a SAÚDE PÚBLICA… Já ouviram falar da PL 1983/2015, que limita o salário dos “notários e oficiais de registro que serão remunerados por subsídio, em até ao valor idêntico recebido pelos Ministros do Supremo Tribunal Federal, e que a soma dos emolumentos arrecadados pelas serventias que superar as respectivas despesas com pessoal e com custeio em geral será destinada à saúde pública”

    Não seria uma boa ideia para ajudar a SAÚDE PÚBLICA ? Eu não quero pagar CPMF.

    José Ricardo Miranda

  • paulo cesar ferreira de souza disse:

    #ATochoNoRolemberg