Quem não quer uma “OS ou OSCIP” pra chamar de sua?

corrupçãoOS e OSCIP em um país onde desviar recursos do orçamento para financiamento de grupos políticos são bandeiras partidárias da lógica estruturante do poder, o modo de funcionamento da máquina política é apenas uma forma rápida e limpa de promover estes desvios… Só um ingênuo alienado não percebe que o jogo de empoderamento político dentro das estruturas partidárias se dá pelo controle de cargos de “execução orçamentária”.

OS e OSCIP com mega contratos de gestão terceirizada é todo fim de mês milhões pra um lado e mala preta pro outro…

Transparency in government accountsQual governador fez a blindagem da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal da política partidária?

*Esta é a primeira condição para recuperar a saúde do DF.  O pior golpe que a saúde sofreu foi a extinção da Fundação Hospitalar do Distrito Federal e o repasse da estrutura para uma secretaria de governo! De lá pra cá a saúde pública apodrece a passos largos nas mãos de partidos políticos.

Terceirizar é um erro de concepção de Gestão, no nosso entender. Mas terceirizar nesse momento, sem antes recompor a estrutura do Estado é suicídio político, de um lado, é golpe de misericórdia na saúde, de outro!

Todos os governantes que se elegem, prometem de frente para os do povo saúde pública de qualidade e, de costas acertam suas porcentagens em vultuosas cifras da corrupção sobre o desmantelo do SUS!

2 Comentários

Leave a Comment