De dentro da prisão, Luiz Estevão manda “Metrópoles” intensificar ataques a Rollemberg

A polícia encontrou documentos de empresas de Luiz Estevão, pen-drives, remédios, chocolates e uma tesoura durante a Operação Bastilha: privilégio no Complexo Penitenciário da Papuda
(Divulgação/PCDF).

 

Nesta reta final, há uma semana para as eleições, o proprietário do veículo de comunicação [Metrópoles], o ex-senador cassado Luiz Estevão, enviou comando para esforços conjuntos à redação, no intuito de priorizarem a desconstrução do governo de Rodrigo Rollemberg (PSB). 

 

Estevão que chegou a manter uma espécie de escritório pessoal na cadeia, exerce influências externas, através de seu advogado Marcelo Bessa e policiais do sistema Penitenciário. De dentro da cadeia, o empresário continua comandando os negócios e influenciando na política do DF.

 

A Polícia Civil mantém investigações sigilosas, sobre agentes de policia que se acomunaram com Estevão.   

 

Por: Regis Nonato    

Leave a Comment