“Cada um responda por si!” Pode levar Frejat a responder junto

Facebook: Paulo Octávio (PP), Laerte Bessa (PR), Filippelli (MDB) e Jofran Frejat (PR)

Muitos caciques políticos, parlamentares e ex-parlamentares — não são todos, claro —, no meio do candidato ao governo do Distrito Federal,  Jofran Frejat (PR-DF), aderiram à rapinagem do erário público.

 

Frejat tentando desvincular sua imagem de seus apoiadores políticos envolvidos em escândalos de corrupção, tem tido e repetido a frase:

 

Cada um responda por si! Jofran Frejat

 

Ficará mais claro aos eleitores se a coligação chamar-se: “Cada um responda por si!“, ou seja, um governo com várias cabeças mandantes e cada um assuma suas futuras responsabilidades e irresponsabilidades com a coisa pública. 

Como cristão declaro, Frejat sabe que os sermões dominicais não deixam dúvidas sobre a vida do cristão, sejam eles de denominação ‘A’ ou ‘B’. 

 

Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes. 1 Coríntios 15, 33

 

Podemos até dizer que as más companhias atuais podem corromper um possível bom governo que o atual candidato, líder de pesquisa, queira implantar em Brasília – fato político já ocorrido com vários eleitos a governador na capital federal, nos estados e prefeitos municipais.

 

Quem de nós nunca ouviu a clássica frase na casa dos pais: “Diga-me com quem andas e te direi quem és!”. Tornou-se um clássico de nosso geração, eu que tenho mais de 40 anos, quando eles queriam nos afastar das más influências das companhias. Eles tinham de fato razão? Serve como orientação política? É uma frase de tempo já passado e superado?

 

Ivan Rodrigues

Leave a Comment