SES-DF recebe 70 bolsas de estudo para residência médica e profissional

Pasta foi contemplada pelo Ministério da Saúde para atender áreas prioritárias. O cadastro dos residentes será feito até 28 de fevereiro pelas instituições

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal recebeu do Ministério da Saúde 70 bolsas de estudo para os programas de residência médica e profissional, de acordo com as Portarias nº 32 e 33, de 22 de janeiro de 2018.

Foram 20 bolsas para a residência médica nas áreas de clínica médica, genética médica, medicina de emergência, medicina de família e comunidade e medicina física e reabilitação.

Para a residência em área profissional, foram 50 bolsas divididas entre as áreas de urgência e trauma, saúde coletiva, atenção ao câncer, atenção básica saúde de família, medicina intensiva e saúde mental.

O financiamento das bolsas pode durar de um a cinco anos, em correspondência com a duração de cada programa e de cada especialidade ou área de atuação. O cadastro dos residentes será feito até 28 de fevereiro pelas instituições contempladas.

A concessão das bolsas pelo Ministério da Saúde destina-se às especialidades e áreas de atuação prioritárias para o Sistema Único de Saúde (SUS), com ênfase nos casos relacionados a zika vírus, dengue e chikungunya.

“A contemplação é importante para fomentar a capacitação de profissionais de saúde para o atendimento das redes prioritárias do SUS”, destaca a gerente de Residência da Escola Superior de Ciências da Saúde, Vanessa Campos.

A seleção dos residentes que atuarão nas unidades da Secretaria de Saúde será por meio de processo seletivo a ser divulgado, com início dos programas previsto para 1º de março.

Leave a Comment