Febre Amarela dose padrão e reforço após 10 anos?

Foto: Centro de Produções Técnicas

Com o aumento das incidências de macacos mortos e número de pessoas com o vírus da febre amarela em São Paulo e no Distrito Federal, muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre a necessidade ou não da dose de reforço. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda apenas uma única dose – o Brasil era o único país do mundo que exigia a dose extra, hoje, segue a recomendação da (OMS).

febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores, que pode ocorrer tanto em regiões urbanas como em ambientes silvestres (Febre Amarela Silvestre). Quando ocorrem nas cidades, é denominada (Febre Amarela Urbana) é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti – o mesmo que transmite a doença dengue.

Não acredite em falácias: a vacina contra a febre amarela é 100% segura e de elevada eficácia. Não há necessidade de dose dupla. Os efeitos colaterais são poucos e de fácil controle. A vacina não provoca disfunções sexuais, amputações ou outras doenças. 

Leave a Comment