Advogado de Maluf, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, assume a Secretaria de Estado de Segurança Pública

WAGNER PIRES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A escolha deste título é meramente provocativo às insanidades dos advogados de Maluf quando se está em jogo R$ 2 milhões em defesa de… 

Paulo Maluf foi condenado pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) a 7 anos, 9 meses e 10 dias, em regime fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro.

É acusado também de desvios milionários em obras viárias, como o Túnel Ayrton Senna e as avenidas Água Espraiada e Roberto Marinho, em São Paulo, entre 1993 e 1996, período no qual comandou a cidade.

Papuda – situação que indignou os advogados do ex-prefeito de São Paulo e deputado federal, Paulo Maluf (PP-SP), 86 anos, preso no Complexo da Papuda do Distrito Federal.

Os advogados afirmam que as unidades não contam com estrutura médica suficiente para prestar atendimento de urgência.

De acordo com laudos médicos apresentados pelos advogados, o político possui uma cardiopatia grave.

Advogados alertam para a situação de precariedade, quanto aos serviços de saúde no presídio.

Afirmam ainda que, além de não possuir desfibrilador, a Papuda fica alguns dias sem a presença de médicos plantonistas.

“Afinal, onde estão os médicos de plantão? Onde está a estrutura médica especializada e o pronto atendimento?”, questionou Kakay, em nota divulgada.

“…O Estado tem de ter a coragem de admitir sua falência” Kakay.

– O Estado não teria sido falido por seu cliente?  

A assessoria de imprensa da Segurança Pública do Distrito Federal /SSPDF negou os problemas apresentados pelos advogados.

“As unidades prisionais do Distrito Federal contam com equipes médicas multidisciplinares, compostas de médicos, psicólogos, dentistas e auxiliares, que funcionam em dias úteis no horário das 09h às 16h”, destacou o órgão. “Em caso de necessidade, os custodiados são encaminhados às unidades de saúde fora dos presídios. As unidades prisionais possuem ainda desfibriladores, que somente podem ser operados por profissionais da saúde”, encerrou a SSP/DF.

Leave a Comment