Só com voz de prisão médicos cumprirão os seus deveres

É publica e mais que notória a situação da desassistência da saúde pública no Brasil, para com seus concidadãos.  Faltam quase tudo, até vergonha na cara de um médico com “especialização capitalista” em cumprir com suas obrigações públicas pagas pelo público que o mantém, inclusive com uma futura pomposa aposentadoria, cidadãos maus assistidos como o caso da senhorita Cristina.

Comentários:      

 

Boa tarde, sou Cristina tenho 48 anos, em 2007 coloquei o Diu Mirena por conta de uma endometriose e nesta época eu trabalhava e tinha um convenio muito bom porém hoje estou desempregada e continuo com o diu vencido porque não tenho condições de ir ao médico particular, agendei uma consulta no ginecologista no posto próximo da minha casa, ele na época me orientou que teria que colocar outro diu mirena porque era o único que não faria com que não tivesse uma trombose enfim, não entendi muito, e perguntei se eu comprasse o Diu uma vez que o SUS não fornece se ele poderia trocar e ele disse que sim faria o procedimento que era muito simples, este ano consegui comprar e voltei ao medico que surpreendentemente disse que não poderia fazer o procedimento porque não tratava de uma material do SUS.
Fiquei indignada e confusa, esperei para poder comprar um diu que custa 1000,00 e quando consigo o medico diz que não pode, por favor, peço orientação e encaminhamento se possível para que eu possa resolver esta questão que está me fazendo mal. Cristina Simonato de Oliveira

 

Recomendamos, que procure a Defensoria Pública ou Ministério Público e faça uma denúncia pública do “médico”, solicitando todos os ressarcimentos, danos morais e matérias e comunicação falsa no dever do cargo público.

E, se possível, nos envie cópia,  para publicação, para que outras mulheres não sejam tratadas com tamanho desrespeitos. Por fim, não perca o seu precioso tempo procurando o Conselho Regional de Medicina (CRM).       

Leave a Comment