Corpo do deputado Jair Bolsonaro é sepultado no Rio de Janeiro

Jair BolsonaroJair Bolsonaro, foi considerado o deputado mais polêmico em face de declarações contra homossexuais e negros. Vejam partes dos trechos da entrevista concedida ao programa da Band CQC.

Perguntado se participaria do desfile gay? 
Bolsonaro: “Não participo de promover os maus costumes“. 
Perguntado por qual motivo era contra as cotas raciais? 
Bolsonaro: “Todos nós somos iguais perante a lei. Eu, não entraria em um avião pilotado por um cotista, nem aceitaria ser operado por um médico cotista”. 
Perguntado pela cantora Preta Gil: Se seu filho se apaixonasse por uma negra. O que você faria? 
Bolsonaro: “Oh, preta! não vou discuti promiscuidade com qualquer que seja, não corro este risco, e os meus filhos foram muito bem criados e, não viveram em ambientes, como lamentavelmente é o teu”.   
Em 24 de novembro de 2011, da tribuna da Câmara dos Deputados, Bolsonaro questionou a sexualidade da presidente Dilma Rousseff.
“O kit gay não foi sepultado ainda. Dilma Rousseff, pare de mentir. Se gosta de homossexual, assume. Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma. Mas não deixe que essa covardia entre nas escolas de 1º grau”, afirmou Bolsonaro em discurso nesta manhã”.
O corpo de Jair Messias Bolsonaro, deputado federal pelo PP do Rio Janeiro, foi enterrado no Cemitério Luz da Vida, (reservado para personalidades), com salvas de tiros, visto que era  capitão do Exercito,  nesta tarde.
*Como seria a veiculação desta notícia na imprensa no dia “D”.

1 Comentário

Leave a Comment